sexta-feira, 9 de julho de 2010

Via Mangue será concluída para a Copa das Confederações em 2013

Meu Transporte 09/07/2010

O início das obras da segunda fase da Via Mangue já começaram e a previsão é de que a nova avenida que promete desafogar o trânsito na Zona Sul do Recife seja concluída em maio de 2013, antes do início da Copa das Confederações, torneio que antecederá a Copa do Mundo de 2014.

A Via Mangue vai ser uma rodovia expressa, onde os carros vão poder passar com uma velocidade média de 60 quilômetros por hora. Não haverá semáforos ou cruzamentos. De acordo com o projeto, vão ser cinco semi-pistas, além de uma ciclovia e pista para pedestres.Durante as obras da segunda fase será feito todo o sistema viário como ruas, pontes, anéis e rotatórias que devem custar R$ 196 milhões.

De acordo com a Prefeitura do Recife, as famílias que hoje vivem em palafitas nos lugares onde a via vai passar vão ser removidas para conjuntos habitais que serão construídos.

Pelos cálculos da Prefeitura, cada conjunto deve custar mais de R$ 15 milhões. Além disso, nesta etapa vai ser construído um sistema de saneamento para os bairros de Boa Viagem e Imbiribeira com custo de R$ 74 milhões.

A Via Mangue terá quatro quilômetros e meio, da ponte Paulo Guerra, no Pina, até a rua Antônio Falcão, no bairro de Boa Viagem. O custo total da obra será de R$ 480 milhões.

PRIMEIRA ETAPA
A primeira etapa do complexo foi entregue no ano passado e contemplou a construção do Túnel Josué de Castro que interligou a Avenida Antônio de Góis à rua República Árabe Unida, passando por baixo da Avenida Herculano Bandeira; a implantação de passarela sobre a Avenida Herculano Bandeira, além de melhorias em vias próximas. O investimento nesta etapa foi de R$ 30 milhões.